Momentos de Mensagens e Poesias

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

O GUARDA NORTUNO

A noite terminava
se iniciava a madrugada de um novo dia
e sobre aquelas ruas pequenas e tranquilas
caminhava o velho guarda.
Na mão o apito
para muitos como ordem, para outros um aviso
O guarda noturno chegou.

O velho guarda, que guardava
pelas casas, pelas ruas, para os amigos
para os filhos, para amada, para o pão de cada dia,
pelo o sonho, pela conquista, pelas lutas, por tantas vidas, tudo fez o velho guarda.

Pela manhã, por tantas manhãs
este era sua rotina, do boi que vem a carne,
da carne que vem o sustento
do sustento daquela familia

Velho guarda, velho amigo
velho sonhos, grandes realizações

Nenhum comentário:

Postar um comentário