Momentos de Mensagens e Poesias

quinta-feira, 28 de março de 2013


SE EU FOSSE O SANFONEIRO

Se eu fosse o sanfoneiro
Pedia por povo de lá
Apagar a luz o candeeiro
O forró vai começar.

Tem um caboclo com uma caboclinha
escondido
No terreiro da vizinha
O galo já vai cantar
A festa esta boa
Tenho que voltar
vou sibora
Mamãe preparou o café
Pamonha e mugunzá
Minha ressaca ela vai tolerar.

No forró do sanfoneiro
O caboclo que é ligeiro
Arrasta a caboclinha
Por terreiro da vizinha
por onde começa uma história de amor.

Ai já viu NE!
na sala de rebolco 
A sanfona só falta cantar.

(Ivanderlan Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário