Momentos de Mensagens e Poesias

quarta-feira, 1 de maio de 2013

SÍTIO DE ARARAS


Eu ainda era menino
Menino eu ainda era
Meu irmão era um moço
Muito mais moço do que eu
Amigos para sempre
Juntos brincavam de carrinho
No terreiro, perto do cercado
Dos gados do vizinho.

No sítio de araras
Eu ainda era menino
Menino eu ainda era
Papai fazia o queijo de coalha
Mamãe lançava a toalha
Na mesa do pão de cada dia.

No sítio de araras
Candeeiro na sala de reboco
O luar do sertão
Clareava o terreiro
A onde os companheiros
Prosavam com mamãe e papai
O céu era limpinho, estrelado
Maravilhado era à noite no sertão.

Sítio de araras
Foi por esta estrada, aonde eu caminhei
E os meus rastros apagados pelo tempo
Marcados e cicatrizados no meu coração.

(Ivanderlan Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário