Momentos de Mensagens e Poesias

domingo, 8 de dezembro de 2013

O MELHOR AMIGO DO HOMEM

De um dia cheio de labuta,
Cansado e não vencido,
Perplexos com as atitudes humanas,
Confiante em um bom amigo.

As luzes da cidade acessas,
Algumas sem brilho algum,
Permaneciam escuras em algumas partes,
Uma sombra acompanhava me.

Com reflexos de meu olhar,
Com o medo sem saber desconfiar,
Eu sentia alguém me seguindo,
Pelas pisadas mansas,
Eu sentia seu caminhar.

Era o meu amigo,
Nas horas noturnas,
No inicio da rua,
Estava a me esperar.

Com seu ouvido atento,
Nenhum homem se atenta,
Aproximar se de me,
Ali estava o meu amigo,
Latindo como se diz,
Este é meu amigo, pode caminhar.

Spyke, era o seu nome,
Amigo verdadeiro do homem,
Que um dia pode me acompanhar,
Em estradas desertas,
Nas horas obscuras,
Em casa me abrigava,
Na rua ele me vigiava.

E só sair do portão,
Quando eu por educação,
Dizia:
Obrigado meu amigão!
Sacudia o rabo com uma alegria,
De serviço prestado.

E hoje,
A vida se desfez,
Pra este amigo verdadeiro,
Companheiro e não forasteiro,
Era sempre o primeiro a me acompanhar.

Spyke,
Era o seu nome,
Nunca vou deixar de lembrar.

(homenagem ao cachorro da minha rua)

(Ivanderlan Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário