Momentos de Mensagens e Poesias

domingo, 9 de fevereiro de 2014

A BANDEJA DE PRATA

Eis a escolha de nossos desejos,
e o preço por querer e não poder,
deixando um caminho que eleva nos,
ao mais sublime dos caminhos,
a felicidade,
a paz de espirito.

O mundo é como uma enorme mesa,
aonde as opções de escolhas,
são servidas em bandejas de pratas,
e nesta mesa farta,luxuosa, desejada,
aos teus olhos tudo é licito,
sabendo que,
nem tudo lhe convém.

Saciando se dessa mesa,
participando desse banquete,
em que todos,
te servem com a bandeja de prata,
te enchendo de alimentos infrutiferos,
te servindo do vinho da estupidez.

E,
no término desse banquete,
as lamentações,os acasos,
os talves e os porques,
os conflitos de si próprio,
a sobremesa da desordem,
o chá de ervas amargas, a decepção.

A Bandeja de prata,
é um untensílio do engano,
de ilusões mundanas e profanas,
serve a mentira em forma de verdades.

(Ivanderlan Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário