Momentos de Mensagens e Poesias

domingo, 9 de fevereiro de 2014

O TREM E A DEFICIÊNCIA

Estava em pé,
Na fé,
De um dia bem melhor,
Em um trem,
Que a vida tem,
Neste vai e vem,
Em pé,
Continuei.

Uma voz anuncia a próxima a estação,
Abrem se as portas do trem,
Um homem entra, deficiente
Ela tenta se sentar,
Se alguém se levantar.

Em pé fiquei,
Ali imaginei,
Quantos deficientes neste trem,
Um com as pernas esticadas, sossegado,
Outra no celular, fingindo que vai levantar.

Aleluia,
Tem um igual a eu,
Se levantou,
O deficiente sentou,
E eu,
Não acreditei,
Quanta gente deficiente naquele trem.

(Ivanderlan Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário