Momentos de Mensagens e Poesias

sábado, 19 de março de 2016

A CORREIA E A CHINELA

Ainda menino, com muita valia,
No terreiro lá de casa, do outro lado a vida,
O destino me chamou, inocente que era,
Esqueci a correia e a chinela.

Fui ver o que o destino oferecia,
Fascinante, irresistível, flores por todos os lados,
Não sabia decifrar os caminhos do destino,
Deixei no terreiro a minha vida de menino.

No corre e corre da vida,
Entre idas e  voltas,
Tristezas e alegrias,
Coração amadurecido.

Não voltei pro terreiro,
Com certeza a correia e a chinela,
Foram cobertas pela poeira da lembrança,
Ou, o vento do tempo as levou pro esquecimento.

A correia se quebrava sempre,
Devido a tantas caminhadas,
Caminhos curtos e certos,
Sem medo da humanidade.

Acordar de manhã de coração limpo,
E nos pés aquela chinela de correia quebrada,
Se o destino me chamasse, lhe respondia:
Passe outra hora, vou arrumar a correia e a chinela,

Que esqueci no terreiro lá de casa...


(Ivanderlan Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário