A PROCURA DE UM SOBREVIVENTE

No rádio já não procuro aquela estação de música
Mais sim, aquela que mate a minha ansiedade, que me anuncie
Que o fato seja uma grande mentira
Estou na espera de uma notícia
De um sobrevivente
De um amigo

No jornal que eu leio
No caderno dos esportes
pela manhã não escondia a
minha alegria, o meu time é campeão
No jornal que eu leio, no cotidiano procuro e não vejo
Um sobrevivente, um irmão que voou e se perdeu

Na tv, que muitos ligam pra vê
A noticia do seu País, de sua nação
Liguei e desliguei
Encontrei o que eu não queria encontrar
Acreditei e ao mesmo tempo desacreditei
Vi e fingi que não vi
Ouvi tampei os ouvidos
Sai e não acreditava,
perdia-se um grande amor

E quando já percebi
Estava conectado na Internet
E um link de um provedor aos meus olhos
Revelaria a dor que a li já sentia
Por amigos que se foram
Por amores que se vão
Por famílias que se acabaram
E por fim, só resta, que saudade.

(Ivan)

Comentários

  1. lindas mensagens,parabens pelo seu blogue,adoro tudo que vc escreve,sao lindos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ROUBA BANDEIRA