O MARTELO DA JUSTIÇA

Na justiça da vida
No caminho que caminhemos
deparamos com sede de justiça
com sede de resultado.

E clamamos ao martelo da justiça
pela sua força, pelo seu equilibrio,
pela sua integridade, pela sua visão
sincera e verdadeira, prática ou teoríca

Martelo com seu alvado
acerta no lugar desejado
apoaindo, firmando no caminho
que faltava, reforçando a madeira
que necessita de justiça.

Madeira rachada
ao ponto de despencar-se
e quebrasse toda pelo chão.

Madeira com sede de justiça
com sede de força, força como o martelo
da justiça, que não medinga o pão.

(Ivanderlan Siqueira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ROUBA BANDEIRA