CONSTRUÇÃO DO TEMPLO E OS OLHOS DE SAUL E JUDAS ISCARIOTES

Na oferta atribuída
Pra o caminho a seguir
Tantos caminhos escolhidos
E um povo conflito
Sem entender
A construção do templo
Templo pra honra do Senhor.

... No caminho da fé
Não tem explicação
Saul sem entender
A voz da criação
Caminhou em estradas estranhas
Ouviu a voz da desunião
Com ações profanas
Desagradou ao Senhor
Sem entender o proposito
Fez de seu coração um deposito
De ódio e rancor.

No novo testamento
Registrado este momento
Jesus vai a Betânia
Visitar o amigo Lázaro
No ultimo encontro
Jesus Chorou,
Veio aos seus pés
Com ato espontânea
Maria Betânia ali derramou
O perfume mais caro
Raro,
Com seu cabelos secou
Os pés do mestre
Grande foi esse amor.

Judas era ladrão
E no seu coração, exclamou
Este perfume vale mais de trezentas moedas de prata.
Por que não foi vendido, e o dinheiro, dado aos pobres?
E mais tarde
Com um beijo traidor
Aos soldados entregou
O nosso Salvador
Não entendia o proposito do Senhor.

Nos dias que se aproxima
Na construção do templo de Salomão
Bem aventurado o coração
Que oferta sem explicação
Entende o proposito
Age sem emoção
Não ouve os críticos
Como Saul e Iscariotes
Que fez do seu braço forte
Se tornar pobre e pior quando nasceu
Construir o templo
É uma obra
Pra alavancar a fé
Ao caminho da Salvação.

(homenagem ao templo Salomão, sendo construído pela Igreja Universal)

(Ivanderlan Siqueira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ROUBA BANDEIRA