não sou poeta de multidões,
nem tenho este status 
nem pretendo agradar a todos,
o pouco que eu tiver,
serei verdadeiro e justo,
vou amar sem acepção
vou agir com a razão
sem magoar nem ofender
o pouco que eu tiver
vou agradecer pela existência
pela exuberância da criação.

(Ivanderlan Siqueira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ROUBA BANDEIRA