no olhar da minha vida
na certeza do meu coração
fiz dos meus desejos
meus sonhos
acreditei em minha razão
fui a procura da felicidade
bati na porta
deparei me com a desilusão
bati na porta errada
os olhos não viram
o coração não sentiu
enganei me mais uma vez
fui traído pela ilusão
acreditando no meu próprio EU,
isso,
acaba com o ser humano.

(Ivanderlan Siqueira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ROUBA BANDEIRA